segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

6.ª e última prova do Troféu Andros SuperFun Ninco 2018





 

 Troféu Andros SuperFun Ninco 2018

6.ª e última prova




Na passada sexta-feira, dia 16 de fevereiro de 2018, decorreu a 6.ª e última prova do Troféu Andros SuperFun 2018.


A prova contou com a participação de 13 pilotos, anotando-se a estreia do Filipe Gomes no Grupo 4x2 e aos comandos de um Ford Sierra Cosworth.

As emoções estavam ao rubro, pois três pilotos estavam na luta pela vitória do Grupo 4x4, enquanto no Grupo 4x2 estavam dois pilotos a lutar pela vitória final.


A primeira manga foi dominada pelo Marcos Dias, o qual desta vez decidiu alinhar com um Citroen C4 do Gupo 4x4. 


Seguiu-se o Filipe Fernandes, cada vez mais rápido e seguro, mesmo em condições de pouca aderência. 


No terceiro lugar da manga ficou o estreante Filipe Gomes, o qual protagonizou grande espetáculo em pista, como tem sido habitual.


A segunda manga foi dominada por sua vez pelo António Maia, o qual andou muito rápido durante toda a prova. 


Seguiu-se o José Silva, sempre muito rápido com o seu Mitsubishi, com o Bernardino a fechar a manga.


A 3.ª manga tinha os três pilotos líderes do Grupo 4x4 e todos os cenários eram possíveis, inclusivamente o empate entre todos.


Albino Dias teve uma entrada em pista fortíssima, cavando uma enorme diferença para os restantes dois pilotos, esperando-se uma vitória destacada e com muito mérito. No entanto, o drama aconteceu, pois saiu um fio do motor, o que obrigou a uma paragem que hipotecou possibilidade de alcançar a vitória.


O Hugo Gomes e o Ricardo Carvalho ficaram assim com a via aberta para lutar pela vitória, assistindo-se a uma corrida muito emotiva, com o Hugo Gomes a alcançar a liderança da prova e terminando no 1.º lugar com 1 volta de diferença para o Ricardo Carvalho, assim conquistando a vitória final no Grupo 4x4.



A 4.ª manga estava reservada aos modelos do Grupo 4x2. A luta entre o Paulo Alexandre e o Emídio foi incrível, com ambos a rodar sempre muito próximos, terminando separados mais uma vez por apenas uma volta. O Emídio alcançou a vitória da prova e, assim, do Grupo 4x2, seguido do Paulo Alexandre.


Quanto ao terceiro lugar da manga e do Grupo 4x2, a Mariana Loureiro não deu qualquer hipótese, ocupando assim com muita justiça o último lugar do pódio.
Seguiu-se o Rui Loureiro e, finalmente, o Filipe Gomes no Grupo 4x2.

 Alinhamento final do Grupo 4x4


Pódio da prova e do Grupo 4x4:
1.º Hugo Gomes
2.º Ricardo Carvalho
3.º Albino Dias

 Alinhamento final do Grupo 4x2

Pódio da prova e do Grupo 4x2:
1.º Emídio Peixoto
2.º Paulo Alexandre
3.º Mariana Loureiro

Para consultar os resultados completos da prova clique AQUI.

Para consultar a pontuação final do Troféu Andros SuperFun Ninco 2018 clique AQUI.


A Direção Desportiva do Troféu Andros SuperFun Ninco 2018 agradece a todos os pilotos participantes, registando-se com muito agrado a participação de um total de 18 pilotos.


Na próxima sexta-feira começa um dos campeonatos mais rápidos do atual panorama slotista nacional. Será o Campeonato Gt Open 2018, o qual será disputado na pista Carrera do Clube Slot de Braga, uma das mais rápidas do país.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Divulgação das provas para o próximo fim de semana


Este será mais um fim de semana de intensa atividade no Clube Slot de Braga!


Na sexta-feira teremos a 6.ª e última prova do animadíssimo Troféu Andros SuperFun Ninco 2018. Tudo está em aberto nos Grupos 4x4 e 4x2.

No sábado teremos a Baja Slot do Minho, a 2.ª prova do Campeonato TT Slot Braga 2017. Será uma prova disputada numa pista de TT de 4 calhas. Em disputa estarão os grupos T1, T2 e T3.
Algo a não perder!

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

5.ª Prova do Troféu Andros SuperFun Ninco 2018





Troféu Andros SuperFun Ninco 2018

5.ª Prova


Na passada sexta-feira, dia 9 de fevereiro de 2018, nas instalações do Clube Slot de Braga, decorreu a 5.ª prova deste animadíssimo campeonato.


Compareceram em prova 12 pilotos, anotando-se as participações especiais do Rui Costa, do Salvador Magalhães e do Bruno Magalhães.



A primeira manga foi preenchida precisamente por estes três estreantes e pelo Filipe Fernandes.
Como tem sido habitual em provas no Clube Slot de Braga, Rui Costa apresentou um andamento muito rápido e seguro, vencendo a manga e conseguindo mesmo alcançar o último lugar do pódio no Grupo 4x4.
Seguiu-se o sempre rápido Bruno Magalhães, seguido de muito perto pelo Filipe Fernandes. 


Salvador Magalhães terminou no 4.º lugar da manga, tendo protagonizado espetaculares saltos e acidentes.



A 2.ª manga foi disputada entre os pilotos mais rápidos do Grupo 4x4, tendo-se assistido a uma bela luta entre o Ricardo Carvalho e o Hugo Gomes, com vantagem no final para este último graças a uma maior segurança na condução. Ambos estavam muito rápidos, mas o Hugo teve o menor número de despistes.
No final, o Hugo Gomes venceu a manga e o Grupo 4x4 com 3 voltas de vantagem sobre o Ricardo Carvalho. O José Silva e o António Bernardino tiveram uma luta igualmente muito interessante, num despique muito cerrado, terminando o António Bernardino à frente por 3 voltas e terminando no 4.º lugar do Grupo 4x4, com o José Silva a terminar no 5.º lugar do Grupo 4x4.



A última manga, como tem sido habitual, foi ocupada pelos pilotos participantes no Grupo 4x2, os carros com menos performance em pista de farinha.
A luta pela vitória foi entre o Paulo Alexandre e o Emídio Peixoto, como tem sido habitual, com um despique muito cerrado que terminou desta vez com vantagem para o Paulo Alexandre e por apenas uma volta.
No terceiro lugar ficou a Mariana Loureiro, a qual apresentou um espetacular andamento com o seu Mini Cooper, seguida do Rui Loureiro, o qual deu grande espetáculo com um Toyota Corolla.

                            Alinhamento final do Grupo 4x4

Pódio da prova:
1.º Hugo Gomes
2.º Ricardo Carvalho
3.º Rui Costa

 Alinhamento final do Grupo 4x2

Pódio do Grupo 4x2:
1.º Paulo Alexandre
2.º Emídio Peixoto
3.º Mariana Loureiro

Para consultar os resultados completos da prova clique AQUI.


Quanto às contas do campeonato, tudo está em aberto nos dois grupos em disputa. É importante recordar que contam apenas os seis melhores resultados, pelo que estão três pilotos na luta pela vitória no Grupo 4x4 e dois pilotos na luta pela vitória no Grupo 4x2.


Agora toca a preparar tudo para a última prova que está agendada para a próxima sexta-feira, dia 16 de fevereiro.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

1.ª Subida Noturna ao Col de Turini 2018


 1.º Subida Noturna
Col de Turini



 Na passada sexta-feira, dia 9 de fevereiro de 2018, aproveitando a fantástica pista de rally preparada para o efeito no Rally Slot de Monte-Carlo 2018, realizou-se uma inédita prova de slot no panorama nacional. 


A 1.ª Subida Noturna ao Col de Turini 2018 foi uma prova dedicada aos modelos da marca SCX Rally 4x4. 


A prova decorreu numa pista com "neve" e iluminada apenas por uma sistema de leds e pelas luzes dos próprios carros. 


Compareceram em prova 11 pilotos, os quais alinharam com diversos modelos da marca SCX, o que conferiu muito colorido e diversidade ao parque fechado.

A luta pela vitória foi muito emocionante e até ao final. 


O António Bernardino estava inspiradíssimo e fez mesmo o tempo mais rápido na Subida 3, tendo liderado a prova praticamente até ao fim. 


O Emídio Peixoto no final conseguiu fazer uma passagem mais conseguida, o que lhe permitiu vencer com apenas 0,080 segundos de diferença. Foi uma luta fantástica entre estes dois pilotos pela vitória. 


O sempre rápido Hugo Gomes ocupou o último lugar do pódio, seguido do Rui Costa, o qual esteve muito rápido e seguro, ainda que correndo com um carro emprestado e que desconhecia em absoluto. 



Seguiu-se o Filipe Gomes, o qual impressionou pela segurança e rapidez. 


Seguiu-se o Bruno Magalhães, cujo lugar esteve em risco pela inspirada última passagem da Mariana Loureiro, tendo ambos terminado com apenas 0,789 segundos de diferença. 


Seguiu-se o Rui Loureiro e o Paulo Alexandre, ambos apenas separados por 0,723 segundos. 


Salvador Magalhães encerrou o "Top Ten", seguido do Filipe Fernandes. 



A prova foi muito interessante e emotiva, registando-se um ambiente muito bom. 
É uma fórmula certamente a repetir! Será que está lançada a semente para "Pikes Peak"?