sábado, 5 de dezembro de 2009

3.ª prova do Campeonato GT Open 2009


3.ª Prova
do
Campeonato Gt Open 2009


Decorreu no passado dia 04 de Dezembro, na pista do Clube Slot de Braga, a 3.ª prova do animado Campeonato Gt Open 2009.



Compareceram em prova catorze pilotos, os quais fizeram alinhar em maioria o modelo Mosler da NSR, modelo que se tem revelado imbatível com o actual regulamento deste campeonato.
A organização viu-se obrigada a recorrer ao sistema de calha virtual, organizando duas mangas com sete pilotos cada uma.



Os veículos, conforme tem sido habitual, foram sujeitos a uma criteriosa e rigorosa verificação técnica por parte do Hugo Figueiredo, o qual tem assumido as funções de Director da Prova com muita competência e empenho pessoal.

Imagem do Mosler vermelho do Augusto Amorim.

.

A qualificação decorreu na calha amarela, tendo o Augusto Amorim pulverizado toda a concorrência, deixando o actual líder a mais de dois décimos de diferença, seguido do José Eduardo.



Pilotos da 1.ª manga:

- Miguel Queirós;

- José Pedro Marques;

- Pedro Correia;

- José Pedro Vieira;

-Hugo Gomes;

- Francisco Matos;

- João Silva.


Carros da 2.ª manga


A 1.ª manga reservou uma luta muito interessante entre os Mosler NSR do Francisco Matos e do Pedro Correia. Os dois tinham um andamento muito superior aos restantes concorrentes, com vantagem ao nível de velocidade para o Pedro Correia. No entanto, o Francisco Matos conseguiu manter uma condução muito segura que lhe valeu a vitória na manga, tanto mais que o Mosler do Pedro Correia acabou por partir o apoio do parafuso frontal, o que o obrigou a ir às boxes para uma intervenção de emergência.
O Miguel Queirós lá tentou manter o seu Peugeot num andamento muito rápido, não obstante ser um modelo que não funciona na perfeição com pneus de espuma e com o motor escolhido pela organização.
O José Pedro Marques conseguiu desta vez ser o piloto melhor classificado com um modelo Ninco, pelo que está de parabéns naquele que parece ser um campeonato com duas categorias.
O João Silva demonstrou alguma falta de rodagem, tendo averbado muitos despistes. Nada que não se ultrapasse com treino.
O José Pedro Vieira apresentou um andamento cada vez mais rápido e seguro, acabando contudo por registar um atraso quando o eixo da frente do seu Lamborghini saiu e obrigou a uma paragem para a sua colocação.
O nosso pequeno Hugo Gomes passeou a sua juventude aos comandos de um Mosler da NSR, merecendo o prémio da combatividade, pois era o piloto em prova mais difícil de ultrapassar, conseguindo conquistar o segundo lugar da manga.
.



Vídeo da primeira manga



Pilotos da 2.ª Manga:

- Hugo Figueiredo;


- Luís Azevedo;

- Augusto Amorim;

- António Maia;

- Vítor Lopes;

- José Eduardo;

- Emídio Peixoto.


A 2.ª manga foi ocupada apenas por modelos Mosler da NSR.


A 2.ª manga foi um autêntico "concerto a solo" do Augusto Amorim, o qual cavou desde logo uma grande diferença de voltas na primeira calha para o Luís Azevedo e para o Emídio Peixoto, diferença essa que foi aumentando paulatinamente.
O Augusto Amorim mais uma vez demonstrou os seus dotes de preparador e de piloto, apresentando em pista um Mosler da NSR mais rápido e estável do que todos os outros.
E, assim, o campeonato teve o seu terceiro vencedor diferente em três provas, acontecendo o que parecia difícil na primeira prova: bater o Luís Azevedo em condições normais de corrida e sem que o mesmo tivesse problemas de qualquer espécie.
O segundo lugar foi discutido até ao final entre o Emídio Peixoto e o Luís Azevedo. No entanto, o Emídio Peixoto debateu-se com um motor muito irregular, pelo que o Luís Azevedo acabou a última manga a controlar o seu andamento, conseguindo com justiça o segundo lugar da geral.
A quarta posição da geral ficou para o António Maia, o qual demonstrou grande rapidez, não obstante ter registado alguns despistes que condicionaram a sua luta pelo pódio.
O quinto lugar foi ocupado pelo José Eduardo, seguido do Vítor Lopes e do Hugo Figueiredo.

Vídeo do aquecimento dos pilotos da 2.ª manga



Pódio da 3.ª Prova:

1.º Augusto Amorim;

2.º Luís Azevedo;

3.º Emídio Peixoto.





Carros que ocuparam o pódio



A quarta e última prova decorrerá na pista do GT Team Slot Clube na próxima Sexta-feira, aguardando-se com expectativa se aparecerá um vencedor diferente ou se os três primeiros da geral conseguirão repetir a vitória conseguida.

Ao nível do campeonato, ao Luís Azevedo basta averbar um qualquer lugar no pódio para sagrar-se campeão desta categoria. Os restantes lugares do pódio ainda estão em discussão, embora com aparente vantagem para o Augusto Amorim face ao veículo e condução apresentados nesta prova.

Para aceder aos resultados da prova e do compeonato aceda ao seguinte link:

http://spreadsheets.google.com/pub?key=tQ2pngUbOsxxcE7gxspMl-g&output=html

Todos estão convidados para comparecer e participar!!

7 comentários:

José Marques disse...

foi uma exclente prova

Consegui ''ganhar'' o troféu não NSR :P eheheh

José Marques disse...

parabéns augusto pela fantástica prova e pelo fantástico carro

José Marques disse...

o meu resumo :P

http://go-slot.blogspot.com/2009/12/campeonato-gt-open-3-prova.html

Miguel Queiros disse...

Boas.

Parabéns ao Augusto. Esteve com um andamento simplesmente demolidor. Impressionante mesmo.

De qualquer forma o Luís limitou as perdas e o 2º lugar, à frente do Emídio, vencedor da 2ª prova, ainda o deixa na frente do campeonato e com grandes hipóteses de se sagrar campeão da classe. Basta-lhe fazer terceiro na última prova e o campeonato está no bolso!

A prova foi concorrida, com duas mangas sobre lotadas. Deu para o despique. Mesmo sem acabar em posição pontuável, ainda acabei por vencer o troféu "Não Mosler" e ficar em 2º do troféu "Não NSR" (parabéns José pela vitória na "classe")... lol!
O Peugeot tem alguma limitações neste formato. Os pneus de espuma exigem muito daquele chassis tão flexível e o carro torce e salta sobretudo nas curvas rápidas e nas acelerações. Pior ainda na pista do CSB com todas aquelas curvas rápidas feitas gatilho a fundo.

O Pedro Correia fez um belíssima prova. Apesar de ter corrido na mesma manga e portanto não estava muito atento à prova dele, deu para ver como estava verdadeiramente rápido quando ele me ultrapassava em estilo "foguete"... lol! Parabéns. Pena os azares nas últimas calhas, com umas perdas de peças e saídas que levaram o carro a desfazer-se literalmente. Caso contrário teria seguramente acabado numa posição bem acima na classificação final.

Boas gatilhadas!

Luís_pala disse...

PARABENS GRANDE AUGUSTO (:

Emídio Peixoto disse...

Parabéns Augusto pela brilhante vitória, demonstrativa de que, afinal, o Luís não é imbatível quando está ao melhor nível...

Na próxima Sexta-feira há mais... posso não ter carros para lutar pelos dois primeiros lugares, mas o terceiro já não me escapa.

Um abraço slotista,
Emídio Peixoto.

J.C.Nogueira disse...

Viva.
Mais uma prova de boa organização.
Parabéns pela reportagem, que está muito bem documentada.
Cumprimentos de
J.C.Nogueira