domingo, 12 de dezembro de 2010

5.ª Prova do Troféu Renault Megane 2010


Troféu Renault Megane 2010

5.ª Prova



Decorreu na passada Sexta-feira, dia 10 de Dezembro de 2010, na pista do GT Team, a quinta prova do Troféu Renault Megane 2010.
Compareceram em prova oito pilotos, os quais fizeram alinhar quatro modelos antigos e quatro modelos novos.


A qualificação foi facilmente dominada pelo Augusto Amorim, tendo o mesmo conquistado o tempo "canhão" de 7,485 segundos, deixando o Emídio Peixoto a 2 décimas de segundo de distância.


Pilotos da primeira manga:
- Luís Pedro;
- António Maia;
- Mika;
- Albino Dias


Carros que alinharam na primeira manga
A primeira manga foi inteiramente dominada pelo António Maia, o qual aliou um andamento muito rápido a uma condução segura, conseguindo vencer a manga e conquistar o quarto lugar final.
O Mika apresentou um carro muito bem afinado, demonstrando ainda problemas de adaptação ao difícil traçado do GT TEAM, conquistando o segundo lugar da manga e o sexto lugar da geral.
O Luís Pedro continua a sua evolução no mundo do slot, tendo averbado tempos cada vez mais rápidos, mas necessitando de evoluir no plano da segurança, pois ainda regista demasiados despistes.
O Albino Dias fez a sua prova, demonstrando igualmente problemas de adaptação ao traçado da pista.




Pilotos da segunda manga:
- José Pedro Vieira;
- Augusto Amorim;
- Emídio Peixoto;
- Miguel Queirós.

Carros que alinharam na segunda manga
O início da primeira calha da segunda manga demonstrou um Augusto Amorim perfeitamente ao ataque, conseguindo cavar praticamente uma volta de diferença no primeiro terço da calha. No entanto, a maior instabilidade do modelo novo acabou por determinar alguns despistes que levaram a que a sua vantagem fosse anulada pelo Emídio Peixoto, conseguindo este último "cavar" uma volta de vantagem.
Essa diferença manteve-se durante o resto da prova, com os dois pilotos a fazerem uma corrida muito intensa e disputada.
O terceiro lugar foi conquistado pelo José Pedro Vieira, sempre com uma condução muito rápida e segura na pista do GT TEAM.
O Miguel Queirós sentiu muitos problemas de estabilidade no seu Renault Megane, sofrendo alguns despistes que o "atiraram" para o quinto lugar da geral.


Alinhamento final geral




Carros que ocuparam o pódio




Pódio da prova:

1.º Emídio Peixoto;
2.º Augusto Amorim;
3.º José Pedro Vieira.
Para consultar os resultados completos da prova clique aqui.

Com esta vitória o Emídio Peixoto conquistou antecipadamente o Troféu Renault Megane 2010, bem como o Augusto Amorim o 2.º lugar.
Encontra-se ainda em aberto o último lugar do pódio, o qual é intensamente disputado entre o José Pedro Vieira e o José Eduardo.
Para consultar a pontuação do campeonato clique aqui.
A próxima e última prova encontra-se agendada para a próxima Sexta-feira e terá lugar na pista do Clube Slot de Braga.

Compareçam e participem!

7 comentários:

mpqueiros disse...

Boas.

Depois deste troféu, e considerando o que observei em termos de preparações dos participantes, considero oportunas as seguintes sugestões:

- eliminação total de regulamentos técnicos: não se segue o que se escreve, não se cumpre e apenas servem para causar azias e discussões; portanto, elimine-se;

- criação de uma classe única durante todo o ano: entre esta categoria e a anterior, a diferença está nos pneus (espuma contra silicone), de resto não tem diferenças; chassis a décimas de milímetros da pista, motores de caixa longa supermagnéticos em posição angular;

- se for para continuar esta tendência, sugiro que se passem a utilizar os hrs; afinal, tal como nestes, as últimas categorias só têm mudado a carroçaria... e sempre fica mais económico...

Quanto ao resto, já se sabe, faralhice vai haver sempre (e ainda bem...)

Boas gatilhadas.

Augusto Amorim disse...

Parabéns ao emídio, vencedor desta prova e do campeonato. Excelente prestação ao longo de todo o campeonato.

Augusto Amorim disse...

Quanto ao post do Miguel, concordo na íntegra. Apenas coloco alguma ressalva ao teu último parágrafo. Faralhice sim mas (e apenas) se for legal. Caso contrário o teu comentário seria um granda contra-senso.

Abraço

Hugo Figueiredo disse...

Parabéns ao Emídio pela conquista antecipada do Trofeu Megane. Está num momento de forma impressionante, pudemos verificá-lo nas 24 Horas da Trofa e penso que este campeonato assim o demonstrou também.

Outro facto que parece ter sobressaído é que os antigos Megane ainda dão luta aos mais recentes. Talvez por estarem num patamar de desenvolvimento bem superior, ou pela Ninco falhar nas inovações recentes...


Um abraço,

Hugo

drivethroughpt.blogpsot.com disse...

Boas

Percebo o ponto de vista do Miguel.

Aliás, quem já preparou um destes carros segundo o regulamento e o conduziu e vê alguns dos melhores carros a correr, sabe que não são definitivamente a mesma coisa.

Se calhar por isso este campeonato começou com 13 concorrentes e agora tivemos o quórum mínimo para se correr.

Isto também servirá de lição, já deu para perceber que não chega dizer "material de qualquer fabricante homologado" porque já se percebeu que há material que conduz à farilhice por notória incompatibilidade de algum material, que só a muita força de braços é que se encaixa no carro.

Boas corridas

Emídio Rocha Peixoto disse...

Obrigado Augusto, pelas simpáticas palavras e pela tremenda luta que tens dado todas as Sextas-feiras.
Obrigado Hugo, igualmente pelas simpáticas palavas.
Quanto ao campeonato, quero dedicar o mesmo à minha Mãe, a qual fica a tomar conta das minhas filhas durante uma hora da tarde de Quinta-feira e/ou de Sexta-feira, sendo a primeira a dizer-me para ir treinar para a pista. Sem ela eu não estava cá e, pela sua disponibilidade, não conseguiria treinar. Obrigado!
Espero agora que compareçam mais pilotos na última prova, a qual decorrerá na rápida pista do Clube Slot de Braga.
Até Sexta!
Um abraço slotista,
Emídio.

mpqueiros disse...

Um grande bem haja para todas as mães, esposas e/ou namoradas por esse país que nos apoiam na participação destes disputadíssimos campeonatos. Sem a ajuda delas nada disto seria possível.

Parabéns então ao Emídio, campeão antecipado deste extraordinário e exemplar troféu Mégane.